“Não vi, não verei nunca e ninguém verá”, diz Barrichello sobre semáforo na saída dos boxes

Concordo com Rubinho, a culpa não foi dele. E também concordo com o texto abaixo que roubei de meu cumpadre Victor Mazzei. Legal ver ele falar de F1 novamente.

 

barrichello.jpg

Ross Burro

Quem assistiu à corrida de Fórmula 1 na madrugada de sábado para domingo pôde perceber quão emocionante será a temporada 2008. A eliminação do controle de tração nos bólidos trará mais adrenalina. As Ferraris decepcionaram e o destaque foi para o sempre criticado (injustamente na imensa maioria das vezes) Rubens Barrichello, pilotando um Honda. O cara segurou na moral e no braço, por 18 voltas, a Ferrari do campeão mundial Kimmi Raikkonen. É uma pena que o mesmo Ross Brown, que ficou famoso como o estrategista, que deu muitas vitórias a Michael Schumacher em seus tempos ferraristas, foi o responsável por ARRUINAR a corrida do Barrichello, que naquele momento era terceiro colocado, ao pedir que ele fosse para os boxes em um momento que não era permitido entrar. Uma TRAPALHADA!!! Tudo bem que Rubinho voltou em último, foi se recuperando e ainda chegou em 6º. Pena que a lambança de Ross Brown valeu a desclassificação de Barrichello. Lamentável.

Anúncios

Uma resposta to ““Não vi, não verei nunca e ninguém verá”, diz Barrichello sobre semáforo na saída dos boxes”

  1. Victor Mazzei Says:

    é nóis na fita…isto é, se ela não estiver vermelha e Ross Bronw insistir pra entrar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: